Você não deve se lembrar

2.1.22

Imagem sob licença Creative Commons por Nidan

 

Mas naquela noite, deitados sob o céu estrelado, eu sabia que estava me apaixonando por você. Vi algo em seus olhos que me fez ficar e o lago à nossa frente era tão sereno que parecia que estávamos congelados no tempo, um tempo só para nós dois.

 

Conversamos sobre os nossos medos, segredos e fizemos aquela lista de perguntar loucas, que hoje ficaram no passado, respostas que nos conectaram, mas ficaram esquecidas com o passar do tempo.

 

Você não deve se lembrar,

Mas naquela segunda noite sob o céu estrelado, vendo como as pessoas faziam ginástica nos Bosques de Palermo, eu sabia que queria estar com você. Seus braços me entrelaçaram e seus dedos brincaram com minhas mãos fazendo eu me sentir em casa, mas ao mesmo tempo morava aquele sentimento de medo de me machucar mis uma vez.

 

Naquele instante, você fez uma pergunta indireta, quase checando o terreno: “se eu te pedisse em namoro, você gostaria de ser a minha namoradinha?”. Com as bochechas vermelhas, respondi um sim, sem nunca entender se aquele havia sido o pedido oficial, mas eu sentia aquele sentimento verdadeiro de que sim era e já havia sido por um tempo.

 

Você não deve se lembrar,

Mas naquela última noite sob o céu estrelado, quando vimos satélites caminharam em fila como uma constelação, eu tinha certeza de que te amava e queria ficar com você o resto da minha vida. Seus braços me envolveram mais uma vez, umas crianças brincavam ao nosso redor, o seu beijo era irresistível e eu me sentia em casa. Queria eternizar aquele momento enquanto encarava os seus olhos tão brilhantes.

 

E aqui, sozinha, sob o céu estrelado desse ano novo que começa eu tenho a certeza de que nós dois estamos quebrados e que no fim das contas, não éramos perfeitos um para o outro. Todo aquele amor que senti e ainda sinto, não foi forte o suficiente como eu pensava para atravessar os nossos problemas.

 

E sob os fogos de artifício, eu espero curar o coração da mesma maneira que você foi capaz de fazer como em um flash de luz. Agora brindo, esperando por dias melhores e respirando o ar de novas possibilidades.

  • Share:

Posts Relacionados

0 comentários